Header Ads Widget

header ads

Justiça decreta prisão preventiva de suspeitos de roubo a adolescente

[ad_1]

São Paulo – A Justiça decretou neste sábado (23/12) a prisão preventiva de dois suspeitos de envolvimento na tentativa de latrocínio contra um adolescente, de 15 anos, na noite da última quinta, em Perdizes, na zona oeste de São Paulo.

Um deles, Thiago Ferreira dos Santos, foi preso em flagrante e passou por audiência de custódia no Fórum da Barra Funda antes de ter a prisão convertida em preventiva.

A preventiva também foi decretada pela Justiça para Wesley Ferreira dos Santos, o outro suspeito apontado como o autor do disparo, que segue foragido. Ele é irmão do suspeito preso e nega ter sido o autor do disparo: “Cheguei depois que efetuou o disparo, eu cheguei e chutei a vítima, para que ela soltasse e ir embora”, disse em vídeo publicado pela TV Record.

De acordo com a Polícia Civil, Wesley tem antecedentes criminais, com passagens por crimes contra o patrimônio (roubo, furto, apropriação indébita ou estelionato).

A polícia ainda apura se Thiago teve participação, de fato, no crime. Ele foi preso na tarde dessa sexta-feira (22/12) pela equipe da 3ª Central Especializada de Repressão a Crimes e Ocorrências Diversas.

Segundo informou a Secretaria da Segurança Pública (SSP), ainda na sexta-feira, os policiais o identificaram como o suposto responsável pelo disparo. Uma moto usada no crime foi apreendida pela Polícia Civil.

A moto apreendida estava alugada no nome de Thiago. Além disso, um capacete, também visto nas imagens do crime, foi encontrado na casa do homem que foi preso, segundo o delegado Felipe Nakamura, responsável pelo caso.

“Ele [Thiago] é o responsável por locar a motocicleta. Essa motocicleta a gente tem a certeza de ter sido utilizada no crime. Inicialmente, pelo menos, [identificamos] a participação dele. A comprovação dele estar na cena do crime, nós estamos apurando ainda. Mas todos os indícios levam a crer que ele estava”, afirmou o delegado à TV Record, na sexta-feira.

Ainda de acordo com Nakamura, o adolescente reconheceu Wesley, irmão do preso, como o assaltante que atirou nele e levou seu celular, ao contrário do que o suspeito afirma no vídeo. O delegado disse que Wesley tem “diversos crimes patrimoniais e atos infracionais” em seu registro.

O que diz a defesa

O advogado de defesa de Thiago, Danilo Monteiro de Oliveira, confirma a versão de que foi Wesley quem participou do roubo com a moto do irmão, e que Thiago estava em casa no momento do crime.

“O Thiago não tem envolvimento nenhum com atividade criminosa. Ele é trabalhador, faz entregas por aplicativo, e essa moto [apreendida] é alugada para fazer as entregas”, disse o advogado à TV Record. Segundo Danilo, o irmão de Thiago pediu a motocicleta emprestada, “alegando que iria resolver algumas questões particulares”.

Metrópoles questionou novamente a Secretaria da Segurança Pública sobre atualizações da investigação e aguarda resposta.

O crime

O crime aconteceu na Rua Diana, por volta das 23h50. Segundo a SSP, o adolescente entregou o celular e depois passou a lutar contra o criminoso, que deu um tiro na barriga do rapaz. Outros dois comparsas do ladrão apareceram em duas motos e agrediram a vítima do assalto.

O adolescente foi levado para o Hospital das Clínicas, onde permanece internado. Segundo a família, o jovem continua internado com a bala alojada no abdômen e aguarda avaliação médica para passar por uma segunda cirurgia para remover o projétil, segundo o portal g1.

[ad_2] Source link https://www.blognaativa.com.br/justica-decreta-prisao-preventiva-de-suspeitos-de-roubo-a-adolescente/?feed_id=2725&_unique_id=65871d3f1f9bb

Postar um comentário

0 Comentários

header ads