Header Ads Widget

header ads

“Foi um garoto muito amado pela família”, diz tia de PC Siqueira

[ad_1]

São Paulo – “Ele vai deixar muitas saudades, foi um garoto muito amado pela família”. Foi com essas palavras que a tia de PC Siqueira, que pediu para ser identificada como “tia Lau”, deixou o apartamento, onde o corpo do youtuber foi encontrado, na noite desta quarta-feira (27/12).

Abalada e carregando os dois cachorros que pertenciam a PC Siqueira, ela saiu do prédio, localizado na zona sul da capital paulista, por volta de 23h30, quase seis horas após a Polícia Militar ser acionada por uma ocorrência de suicídio. “Ninguém sabe direito o que aconteceu”, afirmou Tia Lau.

Sem saber muitos detalhes sobre as últimas horas de vida do sobrinho, que não deixou carta ou qualquer mensagem de despedida, ela afirmou que PC Siqueira enfrentava um quadro de depressão e que a família aguarda o laudo pericial para saber o que ocorreu no apartamento.

“Ele era maravilhoso, tranquilo, carinhoso, mas [convivia] com esse quadro depressivo, tinha até saído um pouco sobre isso na mídia. Isso estava deixando ele triste”, afirmou.

0

Ex prestou depoimento

Os policiais encontraram o apartamento bagunçado e com muita sujeira, segundo apurou o Metrópoles. A ex-namorada estava no apartamento com PC Siqueira e prestou depoimento à polícia contando o que aconteceu.

Após a ida à delegacia, a ex retornou ao apartamento na companhia de policiais, de tia Lau, de um primo e de um amigo de PC Siqueira. Os quatro saíram juntos carregando algumas caixas com pertences do youtuber.

O caso é investigado pelo 11º Distrito Policial (Santo Amaro).

Em março deste ano, PC Siqueira havia sido encontrado desacordado em seu apartamento e foi socorrido por bombeiros. Na ocasião, ele agradeceu aos fãs pelo apoio e disse que estava se recuperando de uma tentativa de suicídio.

Busque ajuda

O Metrópoles tem a política de publicar informações sobre casos ou tentativas de suicídio que ocorrem em locais públicos ou causam mobilização social, porque esse é um tema debatido com muito cuidado pelas pessoas em geral.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que o assunto não venha a público com frequência, para o ato não ser estimulado. O silêncio, porém, camufla outro problema: a falta de conhecimento sobre o que, de fato, leva essas pessoas a se matarem.

Está passando por um período difícil? O Centro de Valorização da Vida (CVV) pode ajudar você. A organização atua no apoio emocional e na prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo, por telefone (188), e-mail, chat e Skype, 24 horas, todos os dias.

Arte/Metrópoles

[ad_2] Source link https://www.blognaativa.com.br/foi-um-garoto-muito-amado-pela-familia-diz-tia-de-pc-siqueira/?feed_id=3501&_unique_id=658d0838da954

Postar um comentário

0 Comentários

header ads