Header Ads Widget

header ads

Vacina contra dengue: quais são as reações esperadas e o que fazer?

[ad_1]

A aplicação das primeiras doses da vacina Qdenga na rede pública do Distrito Federal começa nesta sexta-feira (9/2). O imunizante contra a dengue estará disponível em 36 postos de saúde para o público de 10 a 14 anos. Confira aqui a lista completa dos locais de aplicação.

O início da vacinação coincide com um momento no qual a doença atinge proporções epidêmicas. Só nas primeiras cinco primeiras semanas deste ano, o Brasil registou quase 400 mil pacientes com suspeita de dengue, o triplo do que foi registrado no mesmo período de 2023. Já foram confirmados 54 óbitos e 273 mortes estão em investigação.

A vacina Qdenga é produzida pela farmacêutica Takeda. Durante os ensaios clínicos, o imunizante conseguiu reduzir em 90% as hospitalizações entre os vacinados. O imunizante é aplicado em duas doses, com intervalo de tempo de 3 meses.

Quem pode tomar a vacina da dengue na rede pública (via SUS)?

No Sistema Único de Saúde (SUS), a vacina será aplicada gratuitamente em crianças e adolescentes com idades entre 10 e 14 anos. A faixa etária foi escolhida por concentrar o maior número de hospitalizações pelo vírus. Embora o risco de quadros graves também seja alto para idosos, a Qdenga não foi recomendada para esse público no Brasil.

Quantas doses foram disponibilizadas?

O Ministério da Saúde receberá 6,5 milhões de doses da Qdenga ao longo deste ano, quantidade suficiente para imunizar 3,8 milhões de pessoas. A primeira remessa entregue foi de 1,3 milhão, apenas para cidades com mais de 100 mil habitantes.

No DF, foram disponibilizadas 71 mil doses, pouco mais de um terço das unidades inicialmente previstas (194 mil). A intenção do governo local é utilizar todas as doses, sem fazer uma reserva para a segunda aplicação, que precisa ocorrer daqui três meses.

Quais as reações esperadas para a vacina? Como tratar?

Algumas reações são esperadas para quem for imunizado com a Qdenga. Segundo a bula, os efeitos mais comuns são dor e vermelhidão no local da injeção, dor de cabeça, dor muscular, fraqueza, febre, diminuição do apetite, irritabilidade e sonolência.

A recomendação é de repouso caso apareçam os sintomas. Para diminuir a dor após a imunização, pode-se usar dipirona ou paracetamol. Ibuprofeno ou ácido acetilsalicílico (AAS) devem ser evitados.

Pode tomar a vacina contra dengue junto com outras?

A Qdenga pode ser aplicada junto com as vacinas contra hepatite A e febre amarela. Para quem toma remédios que diminuem a atividade do sistema imunológico (como quimioterápicos e corticóides) ou que contenham imunoglobulinas (que afetam a produção do sangue no corpo), é indicado buscar orientação médica antes da imunização.

A rede particular está aplicando a vacina?

Desde junho de 2023, a vacina estava sendo vendida na rede particular por R$ 800 (primeira dose + reforço). Devido à alta demanda do governo, a fabricante decidiu suspender a remessa às clínicas. Agora, portanto, só estarão disponíveis as doses de reforço para quem já iniciou o esquema vacinal.

0

Qual a eficácia da vacina?

Durante os ensaios clínicos, a Qdenga mostrou uma redução de 90% das hospitalizações entre os imunizados. O efeito da vacina é maior entre as pessoas que foram previamente infectadas pela dengue.

Se já tive dengue, devo tomar?

Nos ensaios clínicos para a aprovação da vacina, adultos que tinham a doença e se imunizaram tiveram uma resposta mais rápida de proteção contra o vírus.

No entanto, para crianças que já tiveram dengue, a vacina pode ser menos eficaz para a prevenção de formas graves dos sorotipos 3 e 4 (os que menos circulam no Brasil). Ainda assim não há contraindicação, o efeito apenas não é tão potente.

Como a vacina foi desenvolvida?

A Qdenga é uma vacina de vírus atenuado. Isso significa que ela possui o vírus causador da dengue, mas em uma versão enfraquecida, que perde a capacidade de infecção.

O vírus da dengue possui quatro sorotipos e a Qdenga protege de todos.

Siga a editoria de Saúde no Instagram e fique por dentro de tudo sobre o assunto!

[ad_2] Source link

Postar um comentário

0 Comentários

header ads