Header Ads Widget

header ads

Veja quais são as denúncias contra Ana Hickmann no Conselho Tutelar

[ad_1]

Após ser denunciada à Comissão Interamericana de Direitos Humanos por Alexandre Correa, Ana Hickmann agora precisou prestar esclarecimento ao Conselho Tutelar de Itu sobre alienação parental. A treta pública aconteceu após uma divergência nas datas de férias de Alezinho, filho do ex-casal.

O empresário alega que a apresentadora está cometendo o crime de alienação parental. De acordo com a assessoria de imprensa da apresentadora, ela foi ao órgão para prestar depoimentos e esclarecimentos sobre o bem-estar, saúde e educação do filho.

0

Em comunicado, a equipe de Ana Hickmann explicou que ela compareceu ao conselho tutelar após denúncia anônima e que foi ao local para prestar esclarecimentos de maneira “espontânea”.

“Nessa segunda-feira (8), Ana Hickmann foi comunicada pelo Conselho Tutelar de Itu sobre uma denúncia anônima, realizada no dia 05/01/2024, sobre divergências nas datas de visitação de Alexandre Hickmann Correa com o pai. A empresária compareceu hoje (8) imediatamente e espontaneamente ao Conselho para prestar os devidos esclarecimentos, demonstrando sua responsabilidade pelo bem-estar, saúde e educação do filho, e afastando, portanto, qualquer sugestionamento sobre alienação parental”, encerrou.

Briga entre Ana Hickmann e Alexandre pela guarda do filho

Desde que Ana Hickmann e Alexandre Correa se separaram, uma briga pela guarda de Alezinho, filho do ex-casal, começou. Recentemente, a defesa de Alexandre Correa entrou com um pedido de prisão contra Ana Hickmann por alienação parental, após ela supostamente se recusar a entregar o filho, Alezinho, para passar as férias com o pai.

Nesse domingo (7/01), a defesa do empresário acionou a Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) e pediu intervenção da corte internacional no caso.

Além da intervenção internacional, a defesa de Alexandre Correa pediu a concessão de uma medida liminar que solicite informações em caráter de urgência para a Vara de Família de Itu, no interior de São Paulo. O pedido foi feito com o objetivo de levantar informações sobre o alegado descumprimento da decisão judicial.

Em nota, Ana Hickmann afirmou que todas as declarações do ex-marido são “má-fé” para “se vitimizar e desviar a sua responsabilidade como pai, sócio e cidadão”.

No comunicado, Ana Hickmann relatou que o ex-sogro tem buscado o filho para ver o pai: “Registros do dia 03/01/2024 mostram Gustavo Henrique Correa, avô paterno de Alexandre Hickmann Correa, buscando o neto às 18h para realizar o encontro semanal com Alexandre Correa, acordado entre os advogados de ambas as partes”, começou.

Em seguida, os representantes da apresentadora falam sobre o período de férias do menino com o pai: “O horário de recolhimento da criança para início das férias com o pai, transferido para 09/01/2024 e aprovado pela Dra. Diva Carla Bueno Nogueira, advogada de Correa, é às 9h, o que comprova que não houve tentativa de nova alteração”, afirmou.

Logo depois, o texto fala sobre o comportamento do ex-marido: “Isso demonstra, mais uma vez, a má-fé e o intuito de Alexandre Correa em se vitimizar e desviar a sua responsabilidade como pai, sócio e cidadão. Lamentamos a forma com que o genitor usa de abuso psicológico e chantagem emocional para obter benefícios próprios, desprezando o bem-estar do filho, que vem demonstrando tristeza e desconforto em diversas situações”.

E finalizou: “Trata-se de uma tentativa incessante de intimidar e constranger Ana Hickmann, para causar tumulto processual e banalizar a violência física e emocional que vem causando desde 11/11/2023. A determinação de férias terá início nessa terça-feira (9/01), conforme alinhada entre ambas as partes, e será cumprida rigorosamente, assim como as visitas relacionadas abaixo: 1ª visita, 11/12; 2ª visita, 18/12; 3ª visita, 26/12; e 4ª visita, 03/01”.

[ad_2] Source link https://www.blognaativa.com.br/veja-quais-sao-as-denuncias-contra-ana-hickmann-no-conselho-tutelar/?feed_id=5819&_unique_id=659d586ee7ecb

Postar um comentário

0 Comentários

header ads