Header Ads Widget

header ads

EUA suspende voos de aviões Boeing 737 Max 9 após acidente com porta

[ad_1]

A Administração Federal de Aviação dos EUA (FAA) ordenou que voos com aviões Boeing 737 Max 9 seja suspensos e “inspeções imediatas” realizadas. As medidas aconteceu após a porta de uma aeronave da Alaska Airlines explodir durante um voo, na noite de sexta-feira (5/1), o que forçou um pouso de emergência na cidade de Portland, no estado do Oregon.

A presidente do Conselho Nacional de Segurança em Transportes, Jennifer Homendy, deu uma entrevista na noite de sábado (6/1) e classificou o evento como um “acidente, não um incidente”.

Veja o avião sem porta durante o voo:

Homendy não quis especular sobre a causa do acidente, mas o explicou. Disse que o avião foi forçado a retornar ao Aeroporto Internacional de Portland poucos minutos após a decolagem, quando a porta no meio da aeronave caiu, “resultando em rápida descompressão”. Ninguém estava sentado nas poltronas adjacentes à porta.

Os apoios de cabeça dos assentos 26A e 25A foram perdidos durante a explosão, assim como parte do encosto do assento 26A.

“Temos muita, muita sorte aqui por isso não ter terminado em algo mais trágico”, comentou Homendy, detalhando que houve “feridos leves”, mas nenhum ferido grave. Todos os passageiros machucados levemente receberão atenção médica e foram dispensados.

Depois que a porta foi arrancada do voo 1282 da Alaska Airlines, o piloto teve que fazer um pouco forçado do avião, que transportava 174 passageiros e seis tripulantes. A viagem acontecia entre Portland, no Oregon, até Ontário, na Califórnia.

Uma passageira gravou um vídeo do momento em que o avião ainda estava no ar. “Acordei do meu cochilo pensando que era uma turbulência. Acontece que a parede do avião voou enquanto [a aeronave] estava no ar”, disse a mulher no TikTok.

Confira o registro:

@vee_wins bffr @Alaska Airlines #alaskaair #planemalfunction ♬ Funny – Gold-Tiger

Outra mulher, em entrevista à CBS News, afirmou que ouviu um grande estrondo. “Eu olho para cima e as máscaras de oxigênio estavam penduradas no teto e então olho para a minha esquerda e há um pedaço enorme, parte do avião faltando. O vento está extremamente forte, há vento soprando por toda parte.”

A porta explodiu quando a aeronave não estava em altitude de cruzeiro, que é quando o aviso de atar cintos é desligado, por exemplo.

“Pense no que acontece quando você está em um cruzeiro. Todo mundo está de pé e andando, as pessoas não usam cinto de segurança. Eles vão aos banheiros. Os comissários de bordo estão prestando serviço aos passageiros. Poderíamos ter terminado com algo muito mais trágico”, considerou Homendy, do Conselho Nacional de Segurança em Transportes

A porta perdida pelo avião ainda não foi localizada pelas autoridades.

Inspeções exigidas pelos EUA

Já as inspeções de segurança de cada avião do tipo vão levar entre quatro e oito horas. “A segurança continuará a orientar nossa tomada de decisões enquanto auxiliamos a investigação do NTSB sobre o voo 1282 da Alaska Airlines”, afirmou o administrador da FAA, Mike Whitaker.

A Alaska Air disse que cancelou 160 voos na tarde de sábado, o que impactaria na vida de cerca de 23 mil passageiros. Eles poderiam remarcar as viagens ou pedir reembolso. “Pedimos desculpas profundas aos nossos clientes cujos voos foram afetados”, escreveu a companhia aérea em nota.

A Boeing também divulgou comunicado.

“A segurança é nossa principal prioridade e lamentamos profundamente o impacto que este evento teve sobre nossos clientes e seus passageiros. Concordamos e apoiamos totalmente a decisão da FAA de exigir inspeções imediatas dos aviões 737-9 com a mesma configuração do avião afetado. Além disso, uma equipe técnica da Boeing está apoiando a investigação do NTSB sobre o evento da noite passada. Permaneceremos em contato próximo com nosso regulador e clientes”, diz o texto.

[ad_2] Source link https://www.blognaativa.com.br/eua-suspende-voos-de-avioes-boeing-737-max-9-apos-acidente-com-porta/?feed_id=5449&_unique_id=659a81551b01c

Postar um comentário

0 Comentários

header ads