Header Ads Widget

header ads

Chuvas no Rio: vídeo mostra homem sendo arrastado pela correnteza

[ad_1]

As chuvas que castigaram a região metropolitana do Rio no último sábado (13/1), deixaram 12 mortos. A Zona Norte da capital e a Baixada foram os locais mais atingidos. Novas imagens mostram o desespero de moradores tentando salvar a vida de um homem no bairro Comendador Soares, em Nova Iguaçu.

Os registros foram feitos por uma câmera de segurança por volta das 20h45. Pelas imagens é possível ver a vítima tentando resistir à correnteza, no entanto, o homem é arrastado pela força da água. Ele foi identificado como Vanderlei Rodrigues Alves, de 53 anos.

Veja as imagens:

 

No vídeo, um homem tenta ajudar a vítima. Desesperado, ele tenta ir atrás do homem arrastado, mas não consegue.

De acordo com o Corpo de Bombeiros do estado, Vanderlei morreu afogado nas proximidades da passarela que atravessa a Rua Coronel Bernardino de Melo, no bairro Comendador Soares.

Vítimas das chuvas no Rio

O município também registrou uma segunda morte. Marcus Aurélio Loponte Alampi, de 53 anos, se afogou na Rua Patrícia Cristina, no bairro Vila São Luís, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. O seu corpo foi localizado horas depois.

Além de Vanderlei e Marcus Aurélio, outras 10 pessoas morreram no Grande Rio.

Há, ainda, relatos de dois desaparecidos até o momento: Elaine Cristina de Souza Gomes, de 46 anos, que teria submergido após a queda de um veículo no rio Botas, no bairro Andrade Araújo, em Belford Roxo, e uma vítima masculina adulta que teria sido arrastada pela correnteza no Chapadão.

Desde sábado (13/1), foram registrados mais de 340 salvamentos relacionados às chuvas, em todo o estado. Nas últimas 24 horas, foram cerca de 100 ocorrências referentes a salvamentos de pessoas, inundações/alagamentos, cortes de árvores e desabamentos/deslizamentos.

[ad_2] Source link https://www.blognaativa.com.br/chuvas-no-rio-video-mostra-homem-sendo-arrastado-pela-correnteza/?feed_id=7479&_unique_id=65a662e48fe1d

Postar um comentário

0 Comentários

header ads