Header Ads Widget

header ads

Carrões e chofer: as mordomias do ex-diretor da Gaviões ligado ao PCC

[ad_1]

Preso no começo do mês na Bolívia, Elvis Riola de Andrade, o Cantor, de 46 anos, ex-diretor da escola de samba Gaviões da Fiel e acusado de integrar o Primeiro Comando da Capital (PCC), mantinha uma vida de luxo ao lado da mulher e de cinco filhos em Santa Cruz de La Sierra.

Relatórios de inteligência apontam que o criminoso era dono de diversos estabelecimentos, como bares e restaurante, tinha uma coleção de carros de luxo e contava até mesmo com um motorista particular.

Com passagens por homicídio e tráfico de drogas, Elvis foi preso em 11 de janeiro e extraditado para o Brasil. Ele é condenado por executar a tiros um agente penitenciário a mando de líderes do PCC.

0

Cantor foi entregue a policiais militares brasileiros na fronteira entre Puerto Quijarro e Corumbá, no Mato Grosso do Sul.

“Não vamos permitir que criminosos com antecedentes no exterior invadam a paz do povo boliviano”, comemorou Eduardo Del Castillo, ministro de Governo do país vizinho. “Firme na luta contra o crime transnacional.”

Morte de agente penitenciário

Cantor respondeu pelo homicídio do agente penitenciário Denilson Dantas Jerônimo, de 27 anos, morto em Presidente Bernardes, no interior paulista, em 2009.

O agente penitenciário foi assassinado no portão de casa na frente da namorada. Segundo a investigação, a execução do agente de segurança havia sido decretada por líderes do PCC.

Na década de 2010, Cantor chegou a cumprir pena na Penitenciária 2 (P2) de Presidente Venceslau, no interior paulista, onde também estava a alta cúpula da facção.

Ele também respondeu a investigação por tráfico de drogas.

[ad_2] Source link https://www.blognaativa.com.br/carroes-e-chofer-as-mordomias-do-ex-diretor-da-gavioes-ligado-ao-pcc/?feed_id=1667&_unique_id=65b8daa7c7fe7

Postar um comentário

0 Comentários

header ads