Header Ads Widget

header ads

Reféns mortos por engano em Israel agitavam bandeira branca

[ad_1]

A investigação preliminar do governo israelense aponta que três reféns do Hamas estavam com bandeira branca no momento em que foram atingidos e mortos pelas IDF (Forças de Defesa de Israel), na última semana, na Faixa de Gaza.

O relatório do governo israelense diz que os três estavam sem camisa, agitavam uma bandeira branca e, mesmo assim, foram mortos por tropas do próprio país, no distrito de Shejaiya, no norte de Gaza. O trio tinha conseguido escapar do local onde era mantido em cativeiro pelo Hamas.

As vítimas são Yotam Haim, de 28 anos, Samer Fouad al-Talalka, de 22 anos, e Shamriz Alon Lulu, 26 anos. De acordo com as tropas de Israel, os três reféns foram “erroneamente identificados como ameaças”.

Os corpos foram transferidos pelas IDF para território israelense, onde os restos mortais foram examinados e, posteriormente, identificados.

“As IDF expressam profundo remorso pelo trágico incidente e envia às famílias as suas mais sinceras condolências”, disse, em nota.

Não foi o primeiro caso de israelense morto por engano ao longo da guerra. Segundo as IDF, dos 105 militares mortos na Faixa de Gaza, 20 foram mortos por fogo amigo e outros acidentes do tipo.

[ad_2] Source link https://www.blognaativa.com.br/refens-mortos-por-engano-em-israel-agitavam-bandeira-branca/?feed_id=1365&_unique_id=657dc2d2323a0

Postar um comentário

0 Comentários

header ads