Header Ads Widget

header ads

Preso por matar pequena Hadassa confessou assassinato após estupro

[ad_1]
Preso por matar pequena Hadassa confessou assassinato após estupro

Preso no domingo (10) pela morte da menina Kemilly Hadassa Silva, de 4 anos, o homem confessou o crime, ocorrido no Rio de Janeiro.

Reynaldo Rocha Nascimento é primo da criança e teria escondido o corpo dela em um saco de ração nas proximidades da sua casa.

Segundo ele, a morte da menina se deu por ela ter chorado após o estupro. De acordo com a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), a menina foi morta na madrugada do último sábado (9).

A mãe da criança contou para a polícia que deixou a filha com dois irmãos, de 7 e 8 anos, dormindo, e saiu por volta de 00h30. Ao voltar para casa, por volta de 5h, a mulher não encontrou a filha.

Após se dar conta do desaparecimento da filha, a mãe de Hadassa buscou ajuda de familiares e da Polícia Civil. Vizinhos desconfiaram de Reynaldo Rocha, que foi agredido. O homem, de 22 anos, foi preso e levado para a delegacia, onde confessou o crime.

Em depoimento, o homem contou para a polícia que sabia que a criança estava em casa, somente com os irmãos. Ele admitiu ter estuprado e matado a menina na sequência.

O corpo da vítima foi encontrado próximo a um valão, dentro de um saco de ração, e levado para o IML (Instituto Médico Legal) de Nova Iguaçu.


[ad_2] Source link https://www.blognaativa.com.br/preso-por-matar-pequena-hadassa-confessou-assassinato-apos-estupro/?feed_id=434&_unique_id=6577e3eef1ee0

Postar um comentário

0 Comentários

header ads