Header Ads Widget

header ads

Junior Seripieri, fundador da Qualicorp, compra a Amil por R$ 11 bi

[ad_1]

A United Health Group (UHG), dona da Amil, acertou a venda da operadora de saúde e de sua rede de hospitais no país para o empresário José Seripieri Júnior, fundador da Qualicorp, por cerca de R$ 2 bilhões em equity, a participação societária da empresa, mais a assunção de dívidas, que somam R$ 9 bilhões.

Com isso, o negócio totaliza R$ 11 bilhões. A transação é o maior negócio de fusão e aquisição já feito entre uma companhia e uma única pessoa física no Brasil.

Seripieri concordou em assumir todos os passivos da UHG no Brasil, passados ou futuros. Essa era uma das condições estabelecidas pela empresa americana, que queria sair definitivamente do país. A UHG tem R$ 9 bilhões em dívidas, tanto tributárias quanto de contingências provenientes de atendimento médico.

Com a transação, este é o maior negócio de fusão e aquisição já feito entre uma companhia e uma única pessoa física no Brasil.

Entre os R$ 11 bilhões da transação, Seripieri financiou R$ 2 bilhões junto aos bancos Santander, Bradesco, Bradesco BBI, BR Partners e BTG Pactual.

A Amil faturou R$ 26,3 bilhões ano passado, tem um patrimônio líquido de R$ 16 bilhões e R$ 8,5 bi no caixa, mas Júnior Seripieri terá o desafio de reverter um EBITDA negativo na casa de R$ 2 bilhões.

Com uma carteira de mais de 5 milhões de beneficiários entre planos de saúde e dentais e mais de 31 hospitais e 28 clínicas médicas, o Bank of America (BofA) estima que os ativos valem ao todo R$ 10 bilhões e R$ 15 bilhões.

O número exclui a carteira de planos de saúde individuais, que tem sinistralidade acima de 100% – ou seja, mais custos que receitas –, e é um dos principais ralos de dinheiro do grupo. Como os reajustes são tabelados e não é possível rescindir o contrato, Júnior precisará lidar com esse legado.

[ad_2] Source link https://www.blognaativa.com.br/junior-seripieri-fundador-da-qualicorp-compra-a-amil-por-r-11-bi/?feed_id=2613&_unique_id=65861bdb59b5c

Postar um comentário

0 Comentários

header ads