Header Ads Widget

header ads

Hélio Doyle, ex-presidente da EBC, vai receber seis meses de salário

[ad_1]

Exonerado do cargo da presidência da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Hélio Doyle continuará recebendo salário do governo federal por mais seis meses. A decisão é da Comissão de Ética Pública do órgão, que optou por conceder “quarentena” e remuneração compensatória ao comunicador.

Doyle receberá a mesma remuneração de quando era presidente da EBC: R$ 34.895,78. “Preenchi o pedido, encaminhei à comissão e fui comunicado da decisão”, disse ao jornal Estadão.

Conforme a legislação, a quarentena e a remuneração compensatória são destinadas apenas a pessoas nos “mais elevados cargos da administração pública”.

Essa medida visa evitar o uso de informações privilegiadas, por tais autoridades, em benefício de interesses privados. Dessa forma, o profissional fica impedido de exercer qualquer atividade privada no período de seis meses após deixar o cargo.

Assim, a Lei nº 12.813/2013 estabelece que, durante esse período, a autoridade permanecerá recebendo a mesma remuneração do exercício do posto.

Segundo o Estadão, a Comissão decidiu manter Doyle em “quarentena” durante reunião realizada em 11 de dezembro, última do colegiado em 2023.

Entenda o caso

Em outubro, Hélio Doyle foi demitido depois de ter repostado uma mensagem no X sobre a guerra entre Israel e o grupo extremista Hamas: “Não precisa ser sionista para apoiar Israel. Ser um idiota é o bastante”.

Imagem de republicação do comunicador Hélio Doyle - Metrópoles

Outros posts escritos pelo então presidente da EBC reforçaram posicionamento contra os israelenses, enquanto o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se colocou a favor da paz entre as nações.

[ad_2] Source link https://www.blognaativa.com.br/helio-doyle-ex-presidente-da-ebc-vai-receber-seis-meses-de-salario/?feed_id=3405&_unique_id=658c7929ddc5a

Postar um comentário

0 Comentários

header ads