Header Ads Widget

header ads

Anderson Silva revela o que pode ter influenciado a derrota de José Aldo para Conor McGregor

[ad_1]

McGregor nocauteou Aldo no UFC 194, em dezembro de 2015. Foto: Josh Hedges/UFC

Anderson Silva comentou em um podcast sobre a histórica luta entre José Aldo e Conor McGregor, que terminou com um nocaute relâmpago do irlandês em 2015. Para Spider, o compatriota pode ter sido afetado por “fatores pessoais” que não foram divulgados.

O Spider participou do podcast “Ticaracaticast”, onde falou sobre diversos assuntos relacionados ao MMA, incluindo uma das maiores rivalidades da história do UFC, entre o compatriota José Aldo e o irlandês Conor McGregor. O duelo, que valeu o cinturão peso pena (até 65,7kg.), aconteceu no UFC 194, em dezembro de 2015, e chocou o mundo ao terminar com um nocaute fulminante do Notório com apenas 13 segundos de combate.

Para o “Spider”, o motivo da derrota de Aldo pode ter contado com “fatores pessoais” até hoje não revelados, que podem ter influenciado na atitude do brasileiro na luta.

“Eu acho que tiveram outros fatores pessoais que acabaram influenciando na luta. O Aldo nunca fez aquilo. McGregor pode ter entrado na mente dele, além de umas coisas ali nos bastidores que a gente não sabe”, declarou Anderson Silva.

Rivalidade entre Aldo x McGregor

A luta foi marcada por uma intensa rivalidade, que envolveu provocações, insultos e até uma turnê mundial de divulgação. O irlandês, que era o campeão interino da categoria, desafiou o brasileiro, que era o campeão linear e invicto há dez anos. No dia da luta, Conor acertou um cruzado de esquerda no queixo do adversário logo na primeira troca de golpes, fazendo o brasileiro cair desacordado no octógono.

A derrota foi considerada uma das maiores zebras da história do MMA e abalou a confiança do brasileiro, que nunca mais teve a chance da revanche. Já o irlandês se tornou uma das maiores estrelas do esporte, conquistando também o cinturão peso-leve e fazendo lutas milionárias contra Floyd Mayweather e Nate Diaz.

Anderson, por sua vez, também viveu momentos difíceis no UFC após perder o cinturão para Chris Weidman em 2013. O brasileiro sofreu com recuperação de fratura na perna, foi flagrado em casos de doping e acumulou derrotas até ser dispensado do UFC em 2020.

O Spider também se aventurou no boxe, onde venceu Julio César Chávez Jr. e Tito Ortiz, mas foi derrotado por Jake Paul no ano passado. Ele, em 2023, também entrou no Hall da Fama da organização e teve sua história contada pela Paramount+.

[ad_2] Source link https://www.fogocruzadodf.com.br/2023/12/05/anderson-silva-revela-o-que-pode-ter-influenciado-a-derrota-de-jose-aldo-para-conor-mcgregor/?feed_id=19452&_unique_id=656eb030eb815

Postar um comentário

0 Comentários

header ads