Header Ads Widget

header ads

A ordem de Lula a Múcio sobre a crise entre Venezuela e Guiana

[ad_1]

Em meio à escalada da tensão entre Venezuela e Guiana, o presidente Lula mandou o ministro da Defesa, José Múcio, redobrar a atenção com a segurança das fronteiras entre o Brasil e os dois países.

A ordem foi dada durante reunião entre eles na sexta-feira (8/12), no Palácio da Alvorada, na qual também trataram sobre agendas de Lula com militares e projetos de interesse da Defesa que tramitam no Congresso.

Na conversa, segundo fontes do governo, Lula deixou claro a Múcio que não pretende dar qualquer autorização para o ditador venezuelano, Nicolás Maduro, invadir a Guiana por meio do território brasileiro.

O presidente disse ao ministro da Defesa que continuará defendendo uma solução pacífica para a disputa entre os dois países, algo que o ditador da Venezuela não parece muito disposto a aceitar.

No último fim de semana, o ditador realizou um referendo no qual os venezuelanos aprovaram a anexação de Essequibo, região rica em petróleo que representa mais de 70% do território da Guiana.

Maduro, porém, terá dificuldades para invadir a Guiana diretamente. Isso porque a fronteira entre os dois países é formada principalmente por selva, o que atrapalha o deslocamento de tropas e veículos blindados.

Já a fronteira do Brasil com a Guiana tem vegetação menor, o que tornaria mais fácil a invasão do Essequibo pela Venezuela. Para isso, porém, Maduro precisaria da autorização de Lula.

Arte colorida sobre Mapa da disputa entre Venezuela e Guiana - Metrópoles

A pergunta de Lula a Múcio

Na reunião no Alvorada, o presidente da República perguntou ao ministro da Defesa se a segurança da fronteira entre Brasil e Venezuela estava reforçada. Múcio respondeu que sim e apresentou os dados a Lula.

Nos últimos dias, o Exército brasileiro decidiu antecipar o envio de 16 veículos blindados para a fronteira com a Venezuela e aumentar o efetivo de militares que fazem o patrulhamento da região.

Nesse cenário, como noticiou a coluna, integrantes da cúpula militar brasileira preveem que a Venezuela invadirá a Guiana pelo mar, e não por terra. A avaliação, porém, é que os Estados Unidos reagirão.

[ad_2] Source link https://www.blognaativa.com.br/a-ordem-de-lula-a-mucio-sobre-a-crise-entre-venezuela-e-guiana/?feed_id=210&_unique_id=65742c3c131a6

Postar um comentário

0 Comentários

header ads