O ex-guarda civil metropolitano Caio Muratori, de 48 anos, irá a júri popular pela morte do garoto Waldik Gabriel da Silva Chagas, em 26 de junho de 2016. A criança, então com 11 anos, morreu baleada pelo GCM, que atirou contra um carro furtado em Cidade Tiradentes, na zona leste de São Paulo (SP). | #sbtnews #primeiroimpacto #saopaulo #transito #acidente

SAIBA MAIS – https://tinyurl.com/sbt184906

Todas as notícias em http://www.sbtnews.com.br