Quinze bueiros já passaram por manutenção, cinco foram construídos e o serviço continua até o fim da semana | Foto: GDF Presente

A rede de captação de águas pluviais das ruas do Setor Central de Planaltina precisou passar por uma operação de emergência após as fortes chuvas que caem na região desde a semana passada. Equipes da administração regional e do programa GDF Presente se uniram e agiram prontamente com diversas ações pela cidade.

Quinze bueiros já passaram por manutenção, cinco foram construídos e o serviço continua até o fim da semana | Foto: GDF Presente

O restaurante comunitário, localizado na via NS1, teve o espaço invadido pelas águas, mas seu funcionamento não foi afetado graças à ação rápida das equipes. Com rodos nas mãos, os operários tiraram toda a água da chuva, limparam e deram início a uma reforma, ampliando a capacidade de escoamento das bocas de lobo e das galerias subterrâneas das ruas de acesso ao estabelecimento.

“As bocas de lobo existentes não estavam dando vazão à quantidade de água que caiu. Limpamos algumas, construímos outras ao lado das que já existiam e aumentamos a captação”
Ronaldo Alves, coordenador do Polo Norte do GDF Presente

“Infelizmente, existe um desnível do asfalto com o piso do restaurante. Ele foi construído assim e, às vezes, somos surpreendidos com essa ‘invasão’”, explica a gerente da unidade, Laíza Barbosa. Segundo ela, após uma rápida reunião com o administrador regional de Planaltina, Célio Rodrigues, e os homens do Polo Norte do programa, a demanda foi resolvida.

“Foi muito bacana, pois atenderam a gente com rapidez. Choveu forte na segunda-feira passada e o problema não se repetiu. O escoamento da água já foi outro”, aponta a servidora da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), pasta responsável pelos restaurantes comunitários em todo o DF.

Três servidores da administração e seis reeducandos da Secretaria de Administração Penitenciária (Seape) trabalharam na missão: limpar as bocas de lobo, reformá-las para aumentar a capacidade, consertar as danificadas e, ainda, aumentar a quantidade desses bueiros por ali. Quinze deles já passaram por manutenção, cinco foram construídos e o serviço continua até o fim da semana.

A manutenção das galerias de águas pluviais também está sendo feita em outras áreas, como Arapoanga e Vila Buritis| Foto: GDF Presente

“As bocas de lobo existentes não estavam dando vazão à quantidade de água que caiu. Limpamos algumas, construímos outras ao lado das que já existiam e aumentamos a captação”, explica o coordenador do polo, Ronaldo Alves.

Segundo o administrador Célio Rodrigues, a manutenção das galerias de águas pluviais também está sendo feita em outras áreas, como Arapoanga e Vila Buritis. “Além da limpeza dos bueiros e da substituição de tampas quebradas, estamos fazendo o levantamento da estrutura das bocas de lobo e colocação de grades para aumentar a passagem e evitar alagamentos”, pontua. Confira outras ações do GDF Presente: