Anderson Argolo é babalorixá e está na Europa a convite de associações locais para promover a cultura brasileira de matriz africana. Ele já fez a denúncia à polícia austríaca e pediu a ajuda da embaixada do Brasil no país.

O incidente foi nesta 5ª feira (22.out), em Bruck an Der Mur, na Áustria. Anderson Argolo embarcou em Zurique, na Suíça, com destino à cidade austríaca de Graz, uma viagem de quase doze horas. Ele alega que só não foi retirado do trem porque um outro funcionário da empresa interveio.
__________________________________________________
Saiba mais em https://www.sbtnews.com.br