Passados exatos mil dias do rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte, equipes do Corpo de Bombeiros ainda trabalham diariamente nas áreas atingidas pela lama com o objetivo de localizar as 8 vítimas que permanecem desaparecidas. Em 2019, 270 pessoas morreram após o rompimento de uma barragem.