O Ministério Público do Rio Grande do Sul recorreu contra a decisão de liberdade provisória a Willian Cavalheiro Ribeiro, jogador da equipe do São Paulo, de Rio Grande, que agrediu o árbitro Rodrigo Crivellaro durante uma partida da segunda divisão do Campeonato Gaúcho na noite na segunda-feira (4).

Inscreva-se no nosso canal: youtube.com/c/recordnews

Siga a Record News no TikTok: @recordnews