A Polícia Civil do Rio de Janeiro indiciou por falso testemunho Thayná de Oliveira Ferreira, que trabalhou como babá de Henry Borel, menino de 4 anos morto em 8 de março, após ser agredido pelo padrasto, o ex-vereador Jairo Souza Santos Junior.

Inscreva-se no nosso canal:
http://www.youtube.com/c/recordnews