Cercados de 38 mil cataventos e 60 mil corações pintados em muretas, familiares e amigos de pessoas que morreram em decorrência da Covid-19 se reuniram para realizar um cortejo ecumênico em homenagem às vítimas nesta 4ª-feira (6 de out). O ato ocorreu na Praça Roosevelt, região central da capital paulista.

O Memorial da despedida foi idealizado pela Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo juntamente com as iniciativas Luto Pela Vida e Flores Para Heróis, além de um extenso grupo de apoiadores.