A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia (DP) de Alto Paraíso, com apoio das unidades policiais da 11ª DRP, cumpriu hoje (05) dois mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva em desfavor de um investigado pelos crimes de duplo homicídio qualificado.

O suposto autor está sendo investigado desde 2020, quando ocorreu o homicídio da primeira vítima, que levou dois tiros pelas costas e veio a óbito de imediato. Na ocasião os dois executores foram presos e atualmente aguardam o julgamento pelo tribunal do júri. Contudo, à época, os motivos do crime não tinham sido esclarecidos, de modo que a Polícia Civil seguiu com as investigações. Chegando perto da data do julgamento pelo tribunal do júri, um dos executores levou cerca de 6 tiros, como forma de queima de arquivo.

Com em diligências próprias, a Polícia Civil chegou até o autor, que se utilizava do mesmo modus operandi para a execução dos crimes: ele contratava executores e, como forma de queima de arquivo, contratava novos executores para matar os primeiros executores. O preço pago por cada vítima era cerca de R$ 7 mil. Os motivos do crime, por sua vez, finalmente restaram esclarecidos. O autor realizava grilagem das terras de uma fazenda da região, onde atua como gerente. Toda a fazenda está sendo vendida sem o conhecimento do proprietário.

O post PC prende mandante de homicídios em Alto Paraíso; autor é envolvido com grilagem de terras apareceu primeiro em Policiamento Inteligente.