O Athletico-PR decidiu poupar a maioria dos seus titulares neste domingo, no Maracanã, e o Flamengo não teve misericórdia. O Rubro-Negro carioca atropelou o Furacão, fez 3 a 0 ainda no primeiro tempo e apenas controlou o jogo na segunda etapa para somar mais três pontos no Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Fla chegou a 38 pontos, ocupando momentaneamente a segunda posição na classificação. O time paranaense segue com 30 pontos e está na nona colocação.

O Flamengo precisou de apenas nove minutos para definir a vitória. Desde o apito inicial do árbitro, a equipe da casa pressionou os visitantes, que se limitavam a defender e tentar o contra-ataque. A estratégia do Athletico se mostrou ineficiente logo aos 4 minutos. Bruno Henrique avançou pela esquerda e tocou para Andreas Pereira. O volante chutou cruzado, a bola bateu na trave e sobrou para Everton Ribeiro, livre, desviar para o fundo das redes.

O gol adversário não foi suficiente para o Furacão tomar a iniciativa, então o Flamengo partiu para mais. Aos nove minutos, Gabigol recebeu pela direita e cruzou para Arrascaeta. O uruguaio não alcançou, mas Bruno Henrique apareceu para, de cabeça, marcar o segundo.

O jogo seguiu com o time carioca controlando totalmente as ações e sem sofrer qualquer tipo de susto. O panorama mudou aos 37 minutos quando, em jogada individual pela direita, Carlos Eduardo driblou Léo Pereira, invadiu a área e foi derrubado por Rodrigo Caio. Pênalti marcado, mas logo depois anulado. O VAR entrou em ação e flagrou que o camisa 96 recebeu a bola em posição irregular.

O Athletico-PR se empolgou e começou a criar dificuldades para a defesa do Flamengo. A pressão, porém, terminou aos 48 minutos. Isla roubou bola pela direita e passou para Bruno Henrique. Ele descolou lançamento para Gabigol. O camisa 9 tocou de primeira para Arrascaeta, que avançou e encontrou Andreas Pereira, livre, dentro da área, para finalizar na saída do goleiro Santos. Um golaço que definiu o placar: 3 a 0.

O segundo tempo foi marcado pela chuva que passou a cair no Maracanã e pelo controle total do Flamengo, que não se arriscou muito no ataque, tirou o pé do acelerador, mas não passou por perigo.

Na próxima partida, o Athletico-PR enfrenta o Atlético-GO, quarta-feira (06), às 19h, no Antônio Accioly. Já o Flamengo enfrenta o Bragantino, no mesmo dia, às 20h30min, no Nabi Abi Chedid.

O post Flamengo atropela o Furacão no Maracanã apareceu primeiro em Policiamento Inteligente.