O ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente do Banco Central, Roberto Campos, serão alvo de uma representação de líderes da oposição, a ser protocolada junto ao Ministério Público Federal nesta segunda-feira (4), após denúncia de que ambos mantêm empresas em paraísos fiscais.

Inscreva-se no nosso canal:
http://www.youtube.com/c/recordnews