Importante ponto de encontro para atividades esportivas e de lazer ao ar livre na Candangolândia, o complexo do Parque do Bosque, na quadra QR0, está recebendo obras de manutenção por parte do Governo do Distrito Federal (GDF). Desde o dia 8 deste mês, os operários estão atuando na reforma do campo sintético, e das quadras coberta e de vôlei de areia.

Os trabalhos que estão ocorrendo atualmente fazem parte da primeira etapa da reforma do Parque do Bosque, executados graças a uma emenda parlamentar de R$ 457 mil do deputado distrital Hermeto. O projeto será executado em três partes, e a estimativa é de que o GDF invista mais de R$ 1 milhão para a reforma completa do local.

A reforma do campo sintético inclui a troca da grama, o reparo e substituição de telas metálicas da estrutura, pintura das arquibancadas e revisão das traves e da parte elétrica | Foto: Paulo H Carvalho / Agência Brasília

A reforma do campo sintético inclui a troca da grama, o reparo e substituição de telas metálicas da estrutura, pintura das arquibancadas e revisão das traves e da parte elétrica.

Na quadra coberta, os operários estão fazendo a pintura e checagem da cobertura metálica, pintura e manutenção do piso de granitina, além de revisão das traves e da parte elétrica e pintura das arquibancadas.

Já na quadra de vôlei de areia, além da troca do material, também estão sendo feitos a complementação do alambrado, troca dos postes de rede, instalação de ponto de água e pintura das arquibancadas.

A segunda etapa da reforma contemplará a reforma das churrasqueiras, alambrados e da pista de skate, e a última parte será a manutenção dos banheiros.

Marcelo Gomes de Carvalho, 41 anos, é morador da Candangolândia e dá aulas de futebol em um projeto de treinamento de alto rendimento. Ele conta que utiliza o campo sintético da Praça do Bosque há mais de seis anos e sofria com a falta de manutenção. “Perdi muitas bolas que furaram nas grades, a grama sintética vivia descolando, não dava pra passar um treino mais aprimorado”, relata.

Na quadra coberta, os operários estão fazendo a pintura e checagem da cobertura metálica, pintura e manutenção do piso de granitina, além de revisão das traves e da parte elétrica e pintura das arquibancadas

Com a reforma, ele acredita que tanto o seu projeto quanto o esporte na cidade tendem a ganhar. “Vai melhorar muito na qualidade da prática esportiva, além de tirar aquela visão de que era um espaço deteriorado. Com a reforma e as divulgações que fazemos por conta própria, teremos mais visibilidade e esperamos que aumente a procura”, finaliza Marcelo.

O administrador regional da Candangolândia, João Dantas, diz que a reforma é essencial para devolver o equipamento à comunidade em condições de uso.

“A Praça do Bosque estava em uma situação precária, não atendia a comunidade adequadamente. É o local mais utilizado pela população aos fins de semana, essa reforma era primordial”.