Quem frequenta um dos principais pontos de vendas de plantas de Brasília não precisa mais lidar com a poeira da seca ou a lama que se forma no período de chuvas. Nesta sexta-feira (1), o Governo do Distrito Federal (GDF) inaugurou a pavimentação de 1 mil metros quadrados em frente ao Polo Verde, na saída Norte da cidade, próximo ao balão da Granja do Torto.

Mais de dez empresas funcionam no Polo Verde, que emprega diretamente cerca de 300 pessoas | Fotos: Renato Alves/Agência Brasília

Sob supervisão do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), o governador Ibaneis Rocha visitou o espaço que agora conta com 400 metros de meios-fios, sinalizações vertical e horizontal e 55 vagas asfaltadas. Solicitada pela Administração Regional do Lago Norte, a obra atende uma demanda de mais de 30 anos dos comerciantes.

“Talvez pelos governos anteriores acreditarem não ser prioritário, já que se trata de um espaço tão pequeno diante de outras intervenções estruturantes bem maiores. Agora, sim, temos um grande benefício que já está sendo sentido pelos nossos frequentadores”, comemorou o gerente e um dos idealizadores do espaço, Ido Pellicano.

Com mais de dez empresas funcionando em um espaço multiuso com viveiros, restaurante, lojas, cafés e até salas de cursos de arte, o Polo Verde ocupa uma área de 10 mil metros quadrados, dividida por sete viveiros da Associação de Produtores de Mudas Frutíferas e Ornamentais de Brasília. Emprega diretamente cerca de 300 pessoas.

Acompanhado do secretário de Governo, José Humberto Pires, e do administrador regional do Lago Norte, Marcelo Ferreira, o governador Ibaneis Rocha destacou a importância do espaço que reúne várias empresas. “É um local que estava há três décadas aguardando um pequeno asfaltamento na porta, mas que é de grande importância. Com mais conforto, atrai mais a clientela, gerando mais empregos e contratações”, declarou Ibaneis.