Campeão olímpico em Tóquio 2020, o atacante Matheus Cunha foi desconvocado da seleção brasileira para os próximos jogos das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo do Catar, nos próximos dias 7, 10 e 14. De acordo com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), exames do departamento médico do Atlético de Madrid (Espanha) identificaram uma lesão muscular no adutor da coxa esquerda, e o atleta não terá tempo suficiente para se recuperar a tempo de disputar os embates das Eliminatórias.

A comissão técnica embarca para a Colômbia na madrugada de domingo (3) e a previsão é de que os jogadores comecem a se apresentar já na segunda-feira (4). O técnico Tite realizará três treinos com seleção até o embarque, no dia 6, para a Venezuela, primeiro dos três adversários. A convocação da seleção para as Eliminatórias ocorreu no último dia 24. 

A equipe venezuelana ocupa a lanterna na classificação para a Copa do Catar. O confronto será dia 7 (quinta-feira), às 20h30 (horário de Brasília), no estádio Olímpico de La UCV, na capital Caracas. Os jogos seguintes serão contra a Colômbia e Uruguai, nos dias 10 e 14 de outubro, respectivamente.

O Brasil segue com 100 por cento de aproveitamento nas Eliminatórias: soma 24 pontos, com oito vitórias em oito jogos. Em segundo lugar está a Argentina (18), seguida de Uruguai (15). A Colômbia ocupa atualmente a quinta posição.

O post lesionado, Matheus Cunha é desconvocado da seleção apareceu primeiro em Policiamento Inteligente.