A Volkswagen chamou a imprensa europeia para andar no conceito elétrico ID.Life que, apesar de parecer apenas um veículo de exposição, realmente roda e tem alguns detalhes revelados. O crossover chegará aos mercados da Europa em 2025 como ID.2. O motivo é que a VW pretende adicionar um modelo menor, o ID.1.

Este último será o sucessor do e-Up! e a opção mais em conta no portfólio da marca após o fim do Polo ou até mesmo com o hatch ainda no mercado. Contudo, quando se imagina que o ID.Life seja um ID.3 modificado, ele mostra ser bem mais que isso.

Sucessor do T-Cross, VW ID.Life tem mais detalhes revelados

Com 4,091 m de comprimento, 1,845 m de largura, 1,599 m de altura e 2,650 m de entre-eixos, o ID.Life é ainda menor que o T-Cross europeu, que tem 4,11 m. Ainda assim, ele é quase 10 cm mais largo e tem um pouco mais de altura. A base, no entanto, é semelhante ao do T-Cross brasileiro, mas os dois não têm relação direta.

Bem menos que os 2,765 m dos ID.3 e ID.4, confirmados oficialmente para o Brasil, o ID.Life será assim um sucessor natural para o T-Cross, mas ao nível europeu. Aqui, após a geração atual dos carros da marca alemã, a incógnita reina em absoluto.

Sucessor do T-Cross, VW ID.Life tem mais detalhes revelados

Para a realidade europeia, o ID.Life fará o papel de SUV de acesso da gama elétrica e para isso, tem o custo ao seu lado, mudando até mesmo a posição do motor para a dianteira. Apesar de o conceito ter 233 cavalos e 29,5 kgfm, a versão de produção, ou seja, o ID.2, deve começar com algo em torno de 145 cavalos, mais que suficientes para uma proposta de acesso.

Com baterias de 57 kWh em fosfato de íon de lítio (LFP). É mais simples e barata, mas em baixas temperaturas, sofrem mais e perdem mais eficiência ao longo do tempo. Indo de 0 a 100 km/h em 6,9 segundos, o ID.Life tem autonomia de 402 km no ciclo WLTP. As impressões estão no link da fonte.

Sucessor do T-Cross, VW ID.Life tem mais detalhes revelados

Tendo foco na praticidade e na conectividade, o ID.Life tem banco dianteiro inteiriço, cluster digital com HUD amplo, suporte para smartphone funcionar como multimídia e materiais recicláveis no acabamento. Sem previsão de tração AWD, o ID.2 será de fato voltado para a cidade.

[Fonte: Autocar]

AUTOMOTIVO

O post Sucessor do T-Cross, VW ID.Life tem mais detalhes revelados apareceu primeiro em EG NEWS.

Fonte: Agência Brasil