Iniciou nesta segunda-feira (27) a dose de reforço dos profissionais de saúde que estão na linha de frente de combate ao coronavírus. O imunizante disponibilizado para este público é a Pfizer. Foram destinada 6 mil doses para completar o ciclo de imunização dos profissionais e para o recebimento da vacina é necessário ter  6 meses de intervalo entre a segunda e a terceira aplicação.

O município segue as determinações do Ministério da Saúde (MS), que estabeleceu a vacinação desse grupo que atua na linha de frente. “Todos os profissionais de saúde serão imunizados e aqueles que foram os primeiros a receber a dose da Coronavac já completaram seis meses da segunda dose, assim estão aptos a receber a 3° dose. Reforçamos ainda que os profissionais serão vacinados em suas próprias unidades de atendimento”, destacou a secretária Municipal de Saúde, Karlene Lamberg.

Para recebimento do imunizante, o diretor responsável pelas unidades Básicas de Saúde (UBSs) e de Pronto Atendimento (UPAs), Hospital de Emergência, Hospital Alberto Lima e profissionais de saúde da família, devem encaminhar para o e-mail imunol285@gmail.com a lista dos profissionais de saúde da linha de frente que estão atuando dentro dessas unidades. A aplicação será realizada conforme as listas enviadas.

Lidiane Nunes Pantoja, médica na Unidade Covid Santa Inês, fala da importância da imunização dos profissionais. “Tomei no início do ano a Coronavac e agora completo minha dose de reforço com a Pfizer. Fico muito feliz com o nosso trabalho realizado em conjunto com a prefeitura, destacando a redução dos casos graves e internações. Isso tem sido o resultado da confiança com a aplicação da vacinação em todos os profissionais de saúde e também na comunidade”, disse.

Idosos acima de 70 anos e imunodeprimidos com laudo, transplantados de órgãos sólidos com laudo também estão aptos para o recebimento da dose de reforço – a 3°dose. 

Fonte: Prefeitura Municipal de Macapá