Criado como um movimento mundial para a prevenção e controle do câncer de mama, a campanha Outubro Rosa contará, este ano, com uma série de ações do Governo do Estado. Um dos destaques é a oferta, pela Secretaria de Saúde (Sesab), de 14 mil exames de mamografia na capital e interior. Já a Secretaria da Agricultura (Seagri) irá promover a conscientização sobre o câncer de mama, direcionada às mulheres produtoras rurais. A Secretaria da Segurança Pública (SSP) lança, nesta sexta-feira (1º), às 10h, a edição 2021 do Projeto Ligadas por Fios, para a arrecadação de mechas de cabelo que serão transformadas em perucas e distribuídas a mulheres em tratamento contra a doença.

Este ano, a Sesab completa 10 anos de ações itinerantes de conscientização, detecção precoce e tratamento do câncer de mama. Na última década foram realizadas mais de 800 mil mamografias bilaterais e 62 mil ultrassonografias em mulheres residentes nos 417 municípios baianos. Os exames serão realizados em mulheres de 40 a 69 anos, com horário previamente agendado pela internet, a fim de evitar filas e aglomerações no atendimento.

Na capital baiana, as mamografias serão ofertadas em unidades móveis e no Centro Estadual de Oncologia (Cican). Já no interior, as 21 Policlínicas Regionais de Saúde ofertarão os exames, no entanto, o agendamento ocorre nos postos de saúde ou nas Secretarias Municipais de Saúde. No dia marcado para o exame, é necessário apresentar um documento de identidade com foto, cartão do SUS e um comprovante de endereço no município.

Aliando-se às ações do Outubro Rosa, o Hospital da Mulher terá uma programação especial, que será iniciada no dia 4 de outubro, com a realização de punções mamárias (biópsias) para pacientes, em articulação com as Policlínicas, visando reduzir o tempo do diagnóstico e tratamento para as pacientes. Durante todo o mês de outubro serão realizadas cirurgias de reconstrução mamária para pacientes oncológicas da unidade.

Cursos e conscientização

A iniciativa da Seagri conta ainda com as participações da Secretaria de Política para Mulheres e da Defensoria Pública da Bahia para ministrar os cursos de capacitação para as produtoras rurais. Gratuitos, os cursos são divididos por módulos e vão abordar desde cidadania e pertencimento, passando por empreendedorismo, gestão financeira até liderança e autonomia econômica e social das mulheres. Ao final, as participantes vão receber certificado.

Já a conscientização sobre o câncer de mama terá um vídeo, gravado pelo mastologista do Hospital da Mulher, André Dias, falando sobre cuidados, diagnóstico e tratamento precoce; cartilha e material informativo para distribuição entre as agricultoras, além de plotagem dos carros para alertar as produtoras rurais sobre a importância do cuidado com a saúde.

As ações serão realizadas nas seguintes cidades e datas: Crisópolis (dias 6 e 7), Cachoeira (dias 13 e 14), Itabuna (dias 25 e 26) e Barro Preto (dias 28 e 29).

Autoestima

A iniciativa da Secretaria de Segurança Pública (SSP) visa a arrecadação de mechas de cabelo que serão transformadas em perucas e distribuídas a mulheres em tratamento contra o câncer. Lenços, bonés, acessórios e itens em geral que auxiliem no aumento da autoestima feminina também podem ser doados ao longo do mês de outubro, nas urnas que serão espalhadas em vários pontos de Salvador.

No lançamento também serão apresentadas as madrinhas do projeto, responsáveis por engajar a ação social e estimular a participação dos baianos e baianas. Desde a primeira edição do projeto, em 2019, o Ligadas por Fios já fez a arrecadação de 154 quilos de cabelo, resultando na confecção de dezenas de perucas entregues a mulheres que sofreram com a perda de cabelo devido ao tratamento contra algum tipo de câncer.

A Procuradoria Geral do Estado da Bahia (PGE) também está engajada no trabalho de conscientização sobre o câncer de mama, desenvolvendo uma série de ações no ambiente de trabalho, reforçando a importância da prevenção na rotina das servidoras. Neste ano, além da distribuição interna de um calendário de mesa temático com lembretes importantes, as servidoras participarão de ações educativas nas redes sociais do órgão, compartilhando mensagens e informações sobre a campanha com o objetivo de unir as mulheres pela prevenção e juntas apoiarem umas às outras.

Fonte: Portal Oficial do Estado da Bahia