A nova prisão ocorreu na pista do Aeroporto Internacional de Calgary, logo após seu avião pousar. Ao desembarcar, ele foi rendido e algemado pelos policiais. A ordem de prisão foi emitida por um suposto desacato ao Tribunal. Aadvogada do pastor Pawlowski, Sarah Miller, confirmou sua detenção. A mesma informação foi repassada pelo inspetor de plantão do Serviço de Polícia de Calgary, que não sabia explicar o motivo da prisão.