O Barcelona (Espanha) foi derrotado por 3 a 0 pelo Benfica (Portugal) nesta quarta-feira (29), o que aumenta a pressão sobre o técnico holandês Ronald Koeman e deixa as esperanças do clube espanhol na Liga dos Campeões por um fio.

A equipe catalã está na última posição do Grupo E, sem pontos em dois jogos, seis atrás do líder Bayern de Munique (Alemanha) e quatro atrás do Benfica.

“No final das contas, a coisa mais fácil é se livrar do treinador, mas somos todos responsáveis. A verdade é que estamos em uma situação crítica”, declarou o capitão do Barcelona, Sergio Busquets.

“Temos apenas dois jogos da fase de grupos. Precisamos nos concentrar em melhorar. Precisamos vencer nossos próximos dois jogos contra o Dinamo de Kiev (Ucrânia) e ver como os outros dois se saem. Há um longo caminho a percorrer e precisamos tentar ser positivos”, afirmou o meio-campista.

As coisas começaram mal para os catalães, com Darwin Nuñez abrindo o marcador aos três minutos. Lucas Veríssimo fez um bloqueio quase em cima da linha para evitar gol de Luuk de Jong pouco depois, em tentativa do Barça de se recuperar na partida.

A 21 minutos do fim, a equipe do técnico português Jorge Jesus ampliou com Rafa Silva, após o goleiro Ter Stegen ter defendido finalização de João Mário.

Nuñez fez mais um gol em cobrança de pênalti aos 34 minutos do segundo tempo, após o VAR (árbitro de vídeo) apontar bola na mão de Sergiño Dest.

Enquanto isso, na Inglaterra, Cristiano Ronaldo marcou um gol nos acréscimos para o Manchester United (Inglaterra), que derrotou o Villarreal (Espanha) por 2 a 1 no Grupo F, em Old Trafford.

Já o atacante do Bayern de Munique Robert Lewandowski marcou duas vezes para o campeão alemão derrotar o Dínamo de Kiev por 5 a 0 na partida do Grupo E, além de somar a nona vitória consecutiva em todas as competições.

Nas outras partidas do dia, a Juventus (Itália) derrotou o Chelsea (Inglaterra) por 1 a 0, enquanto o RB Salzburg (Áustria) bateu o Lille (França) por 2 a 1 e o Wolfsburg (Alemanha) empatou em 1 a 1 com o Sevilla (Espanha). O Zenit (Rússia) goleou o Malmö (Suécia) por 4 a 0, enquanto a Atalanta (Itália) derrotou o Young Boys (Suíça) por 1 a 0.

Fonte: Agência Brasil