Igreja protestante da França celebra primeiro “casamento” lésbico de pastoras

Emeline Daudé e Agnès Kauffmann Foto Mathias Fourmand


O primeiro “casamento” de “pastoras” lésbicas foi celebrado pela Igreja Protestante Unida da França (EPUdF) no último sábado (24) no templo protestante de Maguelone, em Montpellier.

Emeline Daudé, 33, e Agnès Kauffmann, 31, foram as primeiras “pastoras” lésbicas a dizer sim no altar desde que a EPUdF decidiu “abençoar” pessoas do mesmo sexo no sínodo de 2015.

O pastor Jean-François Breyne, que realizou a cerimônia, disse que a instituição está avançando em relação a homossexualidade na igreja protestante.

Além disso, ele ficou contente com o impacto que essa celebração teve na vida das suas duas colegas.

“Vamos pouco a pouco, há uma dimensão simbólica importante”, disse Breyne.

Embora a norma tenha sido adotada há algum tempo, muitos da EPUdF não concordaram.

O pastor Daniel Cassou, responsável pela comunicação da denominação, disse que o tem ainda é “sensível”.

Por isso, a decisão do sínodo não obriga nenhuma pastor a abençoar casais do mesmo sexo no casamento, segundo o UOL.



Source link