Setor de Rádio e TV Sul já está 60% reformado – Agência Brasília


A obra no SRTVS contempla a readequação do sistema viário, adaptação para acessibilidade, paisagismo, drenagem, pavimentação e sinalização vertical e horizontal | Foto: Renato Alves / Agência Brasília

o SRTVS terá 20 mil m² de novas calçadas, 130 bancos e 80 espécies de árvores para garantir sombra

A primeira grande obra de reforma do Setor de Rádio e TV Sul (SRTVS) atingiu 60% de execução. Quem passa pelo local percebe que alguns trechos estão quase concluídos, como as calçadas viradas para a Avenida W3 Sul, próximas ao edifício Assis Chateaubriand. Enquanto isso, os trabalhadores se dedicam ao assentamento de placas de concreto, execução de calçadas, drenagem, aplicação de capa asfáltica, entre outros serviços.

Iniciada em setembro de 2020 e com previsão de entrega para julho deste ano, a obra no SRTVS contempla a readequação do sistema viário, adaptação para acessibilidade, paisagismo, drenagem, pavimentação e sinalização vertical e horizontal. São intervenções que impactam positivamente na vida de 40 mil pessoas que circulam pelo local diariamente. O setor nunca tinha passado, em toda a sua história, por uma reforma deste porte.

“Além de recuperar o patrimônio da cidade, conseguimos gerar emprego e renda a milhares de pessoas”secretária executiva da Secretaria de Obras, Janaína Chagas

“Há muito o local precisava passar por ampla reforma. O projeto já existia, mas, como muitos outros, estava parado, sem previsão de execução. O que fizemos foi resgatar essa demanda, atualizar o projeto via Seduh, licitar e transformar essa importante obra em realidade. Fizemos o mesmo com a W3 Sul e com o Setor Comercial Sul. Não medimos esforços para reformar essas áreas nobres e importantes para o comércio do DF. Além de recuperar o patrimônio da cidade, conseguimos gerar emprego e renda a milhares de pessoas”, explica a secretária executiva da Secretaria de Obras, Janaína Chagas.

O SRTVS nunca tinha passado, em toda a sua história, por uma reforma deste porte. São intervenções que impactam positivamente na vida de 40 mil pessoas que circulam pelo local diariamente | Foto: Renato Alves / Agência Brasília

Ao final da reforma, o SRTVS terá 20 mil m² de novas calçadas, 130 bancos e 80 espécies de árvores para garantir sombra. As calçadas serão largas, com o mínimo de 1,5m e o máximo de 8m, seguindo os moldes dos novos passeios da Avenida W3, com piso pré-moldado de 40 centímetros quadrados.

Nos três pontos de entrada, serão usados tons de vermelho, cinza e branco para dar caracterização especial e atrativa. Além disso, os locais de travessia para pedestres terão plataforma elevada – nivelando o asfalto à calçada –, reforçando a prioridade para pessoas em relação aos veículos.

Outra novidade é que o endereço será uma Zona 30, com velocidade máxima permitida de 30 km/h, como ocorre no Setor Hospitalar Sul. Desta forma, veículos e bicicletas podem compartilhar as vias de forma mais segura. Pensando nas “magrelas”, o obra conta com a instalação de 36 paraciclos – suportes usados para o estacionamento deste tipo de transporte.

Confira serviços em execução na obra:

– Assentamento de placas de concreto tipo fulget de 40×40 e execução de calçadas em concreto semipolido;

– Drenagem: novas redes e ramais, bocas de lobo e caixas de passagem para águas pluviais;

– Aplicação de capa asfáltica em todas as vias;

– Execução de travessias elevadas em concreto;

– Execução de rampas de acesso às garagens, em concreto;

– Ampliação e criação de áreas de calçadas, para ampla acessibilidade;

– Instalação de pisos táteis direcionais e de alerta;

– Execução de golas de árvores para plantio de mudas e para preservação das árvores existentes;

– Criação de novas áreas de estacionamento em piso intertravado e piso asfaltado nas áreas de estacionamento já existentes;

– Instalação de balizadores a fim de evitar que os veículos estacionem nas calçadas.

Galeria de Fotos

Obras no Setor de Rádio e TV Sul atingem 60% de execução



Source link