MST doa uma tonelada de arroz orgânico em ação solidária no

0
18


Em mais um ato de solidariedade, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) enviou para o Triângulo Mineiro mais de uma tonelada de arroz orgânico para abastecer cinco cozinhas comunitárias de Uberlândia (MG) a preço de custo. O projeto Cozinhas Comunitárias distribui cerca de 2.500 marmitas por dia para famílias abandonadas pelo poder público nas periferias da cidade.

“Temos acompanhado apreensivos a corrida brasileira para um buraco sem fundo: desemprego, miséria, fome, danos ambientais irreparáveis e a morte de mais de 145 mil pessoas, cuja maior parte poderia ter sido evitada. O governo Bolsonaro e sua irresponsável gestão da crise pandêmica no Brasil fere a dignidade humana em todas as suas dimensões, mas nós temos resistido”, afirma Yago da Silva Oliveira, da direção regional do movimento.

As cozinhas e distribuição de marmitas são resultado da articulação entre o Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST), a Central de Movimentos Populares (CMP), a Comissão Pastoral da Terra (CPT) e o MST, além de diversos parceiros e apoiadores.

Solidariedade ativa

As cozinhas comunitárias de Uberlândia são uma expressiva ação de luta popular de enfrentamento aos efeitos da pandemia na região. Elas serão abastecidas neste mês de outubro com o arroz orgânico Terra Livre, que é produzido de forma agroecológica.

Em todo o país, o MST estima que já doou mais de 3.100 toneladas de alimentos oriundos de suas produções. As doações de alimentos, enfatizam os dirigentes do movimento, não são um gesto de caridade, mas sim expressão de uma solidariedade ativa dos trabalhadores do campo para com os trabalhadores da cidade em um momento de grave crise. 

*Informações do MST

:: Receba notícias de Minas Gerais no seu Whatsapp. Clique aqui ::

Fonte: BdF Minas Gerais

Edição: Rafaella Dotta



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here