Astrônomos descobrem possível primeiro planeta fora da Via Láctea

0
30


Dado o tamanho do universo, imagina-se que os planetas no existam apenas na Via Lctea, mas tambm em outras galxias distantes da nossa. Uma equipe de astrnomos do Centro de Astrofsica Harvard-Smithsonian (EUA) pode ter confirmado essa hiptese: eles encontraram um candidato a planeta na Galxia do Redemoinho (tambm conhecida como Messier 51a), a 23 milhes de anos-luz da Terra.

Batizado como M51-ULS-1b, o possvel planeta foi descoberto a partir da observao do chamado trnsito astronmico, que acontece quando um astro passa na frente de uma fonte de luz maior, bloqueando em certa medida a sua viso – um mtodo muito utilizado para identificar exoplanetas dentro da Via Lctea.

Dessa observao, surgem duas possibilidades:

  • O M51-ULS-1b pode ser de fato um planeta orbitando sua estrela continuamente, mas isso s pode ser confirmado se ele continuar passando pelo mesmo ponto em intervalos de tempo constantes;

  • possvel que o “planeta” seja apenas um objeto que estava de passagem pela galxia, e nunca mais volte a aparecer.

Obviamente, a primeira hiptese a que mais empolga os cientistas – e todos que se interessam por astronomia. No entanto, uma boa dose de pacincia ser necessria at que ela possa ser confirmada.

Isso porque os dados coletados pelo Chandra mostram que o possvel planeta parecido com Saturno em dois aspectos decisivos: tamanho e distncia em relao sua estrela. Isso significa que, se realmente se tratar de um objeto em rbita, vai demorar dcadas at que ele passe novamente pelo mesmo ponto.

Reprodu

Galxia M51, onde foi descoberto o possvel planeta M51-ULA-1b. Imagem: Nasa/ESA/Hubble

Empolgante, mas no inesperado

De qualquer forma, o M51-ULS-1b est inserido num sistema bem diferente do nosso, classificado como binrio. Nesse tipo de arranjo, dois corpos de massa estelar orbitam entre si – uma estrela e um buraco negro, por exemplo. A nvel de comparao, como se a Terra orbitasse o Sol e este, por sua vez, girasse ao redor de um objeto ainda maior.

Isso torna a descoberta ainda mais interessante, alm do fato de que, se for confirmado, o M51-ULS-1b ser o primeiro planeta extragalctico descoberto em toda a Histria. Como citado, porm, esse tipo de descoberta j era esperado, e no traz mudanas profundas ao que se conhece do universo.

” empolgante, mas no inesperado”, avalia a astrnoma Angelle Tanner, da Universidade Estadual do Mississippi, ao site New Scientist. “No h absolutamente nenhuma razo para pensar que no haveria planetas em outras galxias”.

O estudo que descreve o candidato a planeta ainda no foi revisado por pares ou publicado em revista cientfica, e est disponvel num repositrio online de artigos cientficos.

Via: Astronomy





Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here