Novas calçadas promovem mais mobilidade ao guaraense – Administração Regional do Guará

0
20
imagem30-08-2020-07-08-30
imagem30-08-2020-07-08-30

Uma parceria entre a Secretaria de Obras e a Administração Regional do Guará resultou no atendimento à uma demanda importante de mobilidade para quem precisa acessar ao Hospital Regional do Guará. Projetada para ocupar uma extensão de 2,5 km, a calçada vai beneficiar centenas de pessoas na região. A obra inclui a largura de 2 m que contribui para a travessia mais confortável e segura. Outras áreas da cidade também estão recebendo as obras das novas calçadas. Ao todo, serão investidos R$  257.604,63 pelo Governo do Distrito Federal (GDF).

"As obras impactam diretamente parte da população guaraense que mantém o hábito de acessar aos locais a pé e de bicicleta. Uma calçada bem nivelada oferece mais segurança, especialmente, aos nossos idosos, cadeirantes e mães com carrinhos de bebê que precisam ir até o hospital, por exemplo", ressalta a administradora regional, Luciane Quintana.

Para  a superintendente da Região de Saúde Centro-Sul, Flávia Oliveira Costa, as melhorias trazem impacto direto na segurança de quem  passa pelo local. "A calçada facilita o deslocamento dos pacientes que entram e saem do HRGU. Aqui é um local onde circulam muitos veículos, a maioria em alta velocidade, incluindo ônibus", afirma.

As cidades do Distrito Federal apresentam um aspecto bem atraente com as novas calçadas. Mais largas e espessas, estão por toda parte e têm agradado à população.

Morador há quase 40 anos da região, Ericsson Ueustorgio considera que a obra da nova calçada resolveu uma demanda antiga  e que causava muitos transtornos à população.  "Antigamente, a calçada que existia aqui era desnivelada, a gente tropeçava, os idosos reclamavam, não tinha como fazer  uma caminhada boa por aqui, agora ela está sem buraco. Ficou 10", avalia.

imagem30-08-2020-07-08-42
imagem30-08-2020-07-08-42
imagem30-08-2020-07-08-44
imagem30-08-2020-07-08-44

Novas calçadas no DF

Na busca por qualidade de vida para os pedestres, o Governo do Distrito Federal investiu mais de R$ 1,5 milhão em calçadas. Foram, pelo menos, 166 mil metros de caminhos pavimentados para garantir conforto e segurança à população de diversas regiões administrativas, apenas uma parte dos contratos em vigência para esse tipo de serviço.

“Nossa maior preocupação é construir calçadas acessíveis, mais espaçosas e de alta qualidade, garantindo a durabilidade e elevando a segurança que a população precisa”, afirma o diretor de Urbanização da Novacap, Sérgio Lemos.

As novas calçadas seguem um padrão criado pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh). Seja no Plano Piloto ou no Itapoã, a largura tem de ser a mesma: dois metros. Assim como a espessura: entre seis e oito centímetros. Todas com padrão ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

Com informações da Agência Brasília