Guará News: MONITORAMENTO PARA MELHORAR A SEGURANÇA NO GUARÁ. CÂMERAS CHEGAM PARA MELHORAR INVESTIGAÇÕES – Rodrigo Delmasso

0
21
Guará News: MONITORAMENTO PARA MELHORAR A SEGURANÇA NO GUARÁ. CÂMERAS CHEGAM PARA MELHORAR INVESTIGAÇÕES – Rodrigo Delmasso
Guará News: MONITORAMENTO PARA MELHORAR A SEGURANÇA NO GUARÁ. CÂMERAS CHEGAM PARA MELHORAR INVESTIGAÇÕES – Rodrigo Delmasso

Guará News: MONITORAMENTO PARA MELHORAR A SEGURANÇA NO GUARÁ. CÂMERAS CHEGAM PARA MELHORAR INVESTIGAÇÕES

CÂMERAS DE SEGURANÇA CHEGAM AO GUARÁ

Guará mais seguro

imagem12-08-2020-07-08-07
imagem12-08-2020-07-08-07

Câmeras de videomonitoramento são instaladas na cidade com o objetivo de reduzir a criminalidade e promover mais segurança ao guaraense.

Guará News – Os locais não foram informados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-DF) por motivos estratégicos de segurança. As áreas contempladas foram mapeadas de acordo com a “mancha criminal” informada pelas equipes de inteligência da Secretaria de Segurança Pública em parceria com as forças de segurança locais . Foram destinados R$ 700 mil para a compra dos equipamentos. O recurso é oriundo de emenda parlamentar do distrital Rodrigo Delmasso, vice-presidente da Câmara Legislativa (CLDF). As melhorias integram o pacote de obras que serão realizadas no Guará com investimento de R$ 2 milhões.

São câmeras em alta resolução. Todas as imagens são transmitidas para o Centro Integrado de Operações de Brasília (Ciob). Atualmente, 29 multiagências fazem parte da estrutura do centro e podem contar com as imagens. “Já tivemos casos de um problema da CEB, por exemplo, ser resolvido com maior rapidez por conta do acionamento de nossas câmeras do Ciob. Com elas, podemos monitorar o trânsito e acompanhar grandes eventos e manifestações públicas”, explicou o gerente de eventos da Subsecretaria de Operações Integradas (SOPI), da SSP/DF, major Alisson Nobre.

A definição dos locais em que os equipamentos são instalados são áreas de interesse permanente, ou seja, definidos com base em levantamentos realizados pela Subsecretaria de Gestão da Informação (SGI), da SSP/DF, e também com orientação de responsáveis por batalhões e delegacias. Os estudos apontam as chamadas “manchas criminais”, em que é possível detectar dias, horários e locais de maior incidência de crimes.

Na íntegra

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here