MPDFT visita o hospital de campanha do Centro Médico da Polícia Militar do DF – Secretaria de Saúde do Distrito Federal

0
97

Unidade tem capacidade para 84 leitos de UTI e 20 enfermarias

 

 

JOSIANE CANTERLE, DA AGÊNCIA SAÚDE

 

 

O Hospital de Campanha do Centro Médico da Polícia Militar recebeu a visita de procuradores do Ministério Público do Distrito Federal de Territórios na tarde de sexta-feira (24). Todos os ambientes da unidade foram visitados, equipamentos e leitos checados, tanto os 50 leitos que já estão aptos para uso quantos os demais que estão sendo montados. A apresentação foi realizada pela empresa contratada para a gestão e administração do hospital.

 

A inspeção contemplou os 30 leitos montados de Unidade de Terapia Intensiva (panorama 3) e 20 leitos de enfermaria (panorama 1). Nestes locais foram evidenciados na engenharia clínica equipamentos para montagem dos demais leitos no que se refere a monitores multiparametrico, bombas de infusão, cardioversores, eletrocardiogramas, monitores de saturação e frequência cardíaca, camas, mesas, macas, suporte de soro, escadinhas, infraestrutura de TI e de higienização. Também as demais instalações do centro médico foram vistoriados.

 

Ao final da visita, o Promotor de Justiça, Marcelo da Silva Barenco, avaliou que “são instalações boas, favoráveis ao atendimento e sobre os equipamentos, parece que está tudo ‘ok’, faltando alguns equipamentos, mas estão para chegar nos próximos dias. A gente precisa fazer uma nova visita no futuro, quando estiver tudo instalado para ver como vai acontecer”. Outros dois promotores acompanharam Barenco na visita.

 

A apresentação das áreas do hospital foi feita pela diretora-geral de assistencial da empresa responsável por gerir a unidade, Ana Paula Marques. Também estiveram presentes o Secretário Adjunto de Assistência, Olavo Muller, o subsecretário de Infraestrutura em Saúde, Sócrates Alves, e outros servidores da Secretaria de Saúde.

 

ESTRUTURA- O Centro Médico da Polícia Militar se encontra com 50 leitos prontos para uso, sendo 30 de UTI e 20 de enfermaria. A expectativa é que outros 54 leitos de UTI estejam funcionando até o fim de julho. No total, são 84 leitos de UTI e 20 enfermarias. A pasta aguarda a liberação da Controladoria Geral do DF para iniciar os atendimentos, que foram suspensos até que o órgão avalie as justificativas da pasta para os investimentos no local.

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here