China testa Yuan digital em plataforma de entrega de alimentos com 435 milhões de usuários

0
24
China testa Yuan digital em plataforma de entrega de alimentos com 435 milhões de usuários
China testa Yuan digital em plataforma de entrega de alimentos com 435 milhões de usuários

O Banco Popular da China (PBoC) planeja adicionar o gigante da entrega de alimentos, apoiado pela Tencent, Meituan Dianping, à sua lista de plataformas que testarão os casos de uso do Yuan digital no mundo real.

O Meituan Dianping é uma plataforma de entrega de alimentos com sede em Pequim que atualmente possui mais de 435 milhões de usuários ativos e bilhões de dólares em transações diárias. Isso cria uma enorme oportunidade para a adoção em massa do Yuan digital, também conhecido como Pagamento Eletrônico de Moeda Digital ou DCEP.

Fontes sem nome disseram à Bloomberg que o Meituan estava conversando com o braço de pesquisa do Banco Central da China (PBoC) – o Digital Currency Research Institute – sobre os casos de uso de sua moeda digital do banco central (CBDC). No entanto, ambas as partes ainda precisam especificar os detalhes de sua parceria.

A plataforma de streaming de vídeo apoiada pela Tencent, Bilibili, também está em discussões com o PBoC para testar o Yuan digital. Recentemente, uma das maiores aplicações de carona, DiDi, também se juntou ao projeto. 

Ainda não há data de lançamento, mas a China está progredindo rapidamente

O PBoC já havia esclarecido que não tem uma data de lançamento específica para o Yuan digital, mas o banco central e sua ala de pesquisa têm aumentado seus esforços para explorar os casos de uso da CBDC no mundo real.

Em abril, houve rumores sobre o lançamento de um aplicativo de carteira em quatro cidades chinesas – Shenzhen, Chengdu, Suzhou e Xiongan – para os testes iniciais da moeda digital.

O progresso da China em testar e lançar sua moeda digital só ganhou mais velocidade durante a pandemia. Em junho, o ex-vice-presidente do Conselho Nacional para o Fundo de Seguridade Social do PBoC, Wang Zhongmin, anunciou que a China havia concluído o desenvolvimento de back-end de sua CBDC. O governo também começou a redigir leis referentes à CBDC em março deste ano.

Leia mais:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here