Mais de 500 pacientes já receberam alta do Hospital de Campanha – Secretaria de Saúde do Distrito Federal

0
143
Mais de 500 pacientes já receberam alta do Hospital de Campanha – Secretaria de Saúde do Distrito Federal
Mais de 500 pacientes já receberam alta do Hospital de Campanha – Secretaria de Saúde do Distrito Federal
imagem13-07-2020-14-07-59
imagem13-07-2020-14-07-59

Nesta sexta-feira (10), 19 pacientes deixaram após vencer a Covid-19

 

GUILHERME PEREIRA, DA AGÊNCIA SAÚDE

 

Já são 528 pessoas curadas da Covid-19 que receberam alta após serem internadas no Hospital de Campanha do Estádio Mané Garrincha. Nesta sexta-feira (10), foi a vez de 19 vitoriosos voltarem para casa após vencerem a doença causada pelo novo coronavírus.

 

imagem13-07-2020-14-07-00
imagem13-07-2020-14-07-00

O abraço emocionado de Rita após permanecer dez dias internada no hospital de campanha – Foto: Breno Esaki/Agência Saúde

Rita da Silva Oliveira, de 54 anos, foi recepcionada com uma festa por seus familiares no momento do reencontro. Feliz em voltar para casa, Rita agradeceu a equipe médica em sua despedida. “Entrei como morta e saio como viva. Que Deus abençoe a cada um”. Rita passou 10 dias internada na unidade.

 

imagem13-07-2020-14-07-03
imagem13-07-2020-14-07-03

A volta para casa foi cheia de emoção para Rita e seus familiares

Residente no entorno, Israel Paulo Alves também teve um dia de vitória sobre a Covid-19 e descreve essa sensação uma nova vida. “Diante de uma enfermidade que não tem muitas informações concretas. Agradeço a Deus e a todos os profissionais que trabalharam empenhados aí nessa luta”, afirma o ex-paciente após 13 dias de internação.

 

Telma Ramos, de 44 anos, também deixou o hospital hoje, após sete dias. Grata pela vitória, a moradora do Recanto das Emas alerta “eu realmente vi a morte. Essa doença não é brincadeira, mas eu estou feliz demais por ter vencido”, declarou.

 

imagem13-07-2020-14-07-06
imagem13-07-2020-14-07-06

Telma é moradora do Recanto das Emas e venceu a Cvodi-19 – Foto: Breno Esaki/Agência Saúde

Feliz em ir para casa livre da doença após 10 dias de luta, Braz João da Silva – de 50 anos – afirma que esta era a sua maior vontade. “Era o que eu mais queria. Tudo o que eu queria na minha vida era a minha saúde de volta”, afirma o morador da Candangolândia.

 

Atualmente o hospital possui 153 internatos. Sobre a unidade ter atingido mais de 500 altas, Marcelo de Mello, diretor do hospital ressalta a importância desta marca em pouco tempo de trabalho. Para ele, os números mostram que o Hospital de Campanha está cumprindo seu papel de ser retaguarda para os hospitais e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) da rede.

 

EDIÇÃO: JOHNNY BRAGA

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here